educar-para-a-autonomia-e-a-paz 02 04 sion-no-brasil
Por trás da tradição do Sucre d’Orge
25/11/2016 - 10:51 |

Famoso no colégio Sion, o Sucre d’Orge é distribuído há mais de 100 anos em dias de Festa de Classe, todo dia 9 de novembro, quando comemora-se o dia do fundador da Congregação de Nossa Senhora de Sion, Theodoro Ratisbonne. Segundo Suzana Artigas, ex-aluna, bibliotecária do Sion Batel e confeiteira de mão cheia, o Sucre d’Orge, ou “açúcar dourado”, lembra a cevada madura em forma de pirulito envolto em açúcar e é sinônimo de festa. “Falo por mim e por tantos que vivenciamos tradições e guardamos lembranças sionenses. O carinho colocado na preparação de tão singelo doce traduz profundamente o espírito de Sion”.

A primeira receita do Sucre d’Orge foi criada em 1638 pelas irmãs beneditinas no convento de Nossa Senhora dos Anjos, em Moret-sur-Loing, na França. Usado inicialmente como um medicamento calmante para a dor de garganta dos monges, seu nome quer dizer, literalmente, açúcar de malte ou cevada. Ele começou a ser vendido como doce na confeitaria Vichy Doces, criada por Elder Larbaud, na época do segundo império, e era um dos favorito de Napoleão III. Mas foi na Maison Rousseau, em 1972, que essa iguaria se tornou um famoso presente, apresentado coberto com açúcar de confeiteiro e embrulhado em papel celofane.

Receita do Sucre d’Orge

Experimente fazer e casa e tenha o gostinho da Festa de Classe em qualquer época do ano:

Misture um quilo de açúcar e uma xícara e meia de água para fazer a calda no ponto de fio. Coloque uma colher de sopa de vinagre e mexa. Em seguida, coloque a calda espalhada em uma pedra de mármore untada com manteiga sem sal. Vá levantando a massa pelas bordas, até poder trabalhar com as mãos, puxando de um lado para outro, formando os bastões para, em seguida, cortá-los com uma tesoura. Passe o açúcar em volta de cada doce, colocando papel manteiga para facilitar a degustação.

Tags: , , , , ,

    2 comentários

  1. Ilian vasconcelos disse:

    Eu acho umadelicia,….

  2. sion disse:

    É muito bom mesmo. Que tal aproveitar e tentar fazer em casa? Depois conta pra gente como ficou ;)

Comente

*Campos Obrigatórios