educar-para-a-autonomia-e-a-paz 02 04 sion-no-brasil
Vai viajar com os filhos nas férias? Confira as dicas para ter um passeio seguro
23/12/2016 - 04:08 |

Chegam as férias de verão e muitas famílias decidem viajar para descansar e se divertir em um lugar de praia, campo ou em uma cidade histórica. Mas, ao realizar passeios com crianças e adolescentes, os responsáveis precisam ser ainda mais cuidadosos, seja ao pegar a estrada ou em brincadeiras em rios e mares.

-

Para evitar acidentes, ficar livre de transtornos e só trazer memórias boas para casa, confira algumas dicas de prevenção e segurança a seguir:

- Se a viagem for de carro, é preciso fazer a revisão do veículo, redobrar os cuidados enquanto dirige, respeitar a sinalização e ter certeza de que todos os ocupantes do automóvel mantenham os cintos afivelados durante o trajeto;

- Crianças com menos de quatro anos precisam viajar nas cadeirinhas adequadas para sua idade e peso. Entre quatro e sete anos, acomodar os filhos em assento de elevação e utilizar o cinto de segurança de três pontas do carro. Manter os passageiros menores no banco de trás é um dever dos responsáveis;

- Quando estiver em um lugar onde o fluxo de pessoas é grande, é possível que as crianças se dispersem. Uma forma de evitar os contratempos é colocar no bolso do filho um cartão de identificação, informando o endereço de onde estão hospedados e telefones de contato dos familiares;

- Instrua as crianças e adolescentes a sempre procurarem a polícia caso se percam. Também, combine um local de fácil acesso onde possam se encontrar. Antes de sair de casa, lembrem de checar se os celulares têm bateria suficiente para durar todo o passeio;

- As crianças só devem tomar banho de piscinas com a supervisão dos responsáveis. Os adultos precisam ficar, no máximo, a um braço de distância delas. Brincar em águas onde há profissionais de socorro por perto é o mais indicado. Em locais sem a presença de equipes de socorristas, a atenção e a cautela devem ser ainda maior. Alguns lugares – como rios, cachoeiras e represas – podem parecer inofensivos, mas a correnteza e a profundidade apresentam um grande risco a todos os banhistas;

- Para prevenir a desidratação e a intoxicação alimentar é preciso dar muita água filtrada e outros líquidos, como sucos e chás, para o pessoal beber, além de optar por uma alimentação leve;

- Insolação e queimaduras não precisam fazer parte do verão dos seus filhos. Não ficar exposto ao sol entre as 10h e as 16h, passar filtro solar e colocar chapéus e roupas são algumas maneiras de proteger as crianças e adolescentes.

Para conferir outras dicas, acesse os sites do Viaje aqui, Jornal do Brasil, Agência Brasil e guiainfantil.com.

Tags: ,

Comente

*Campos Obrigatórios